sexta-feira, outubro 21, 2005

Perfil Psicológico dos esquerdistas

Reinaldo Azevedo (primeira leitura) escreveu:

"...Talvez aqui a gente chegue a uma das razões por que o marxismo — e o esquerdismo mais amplamente — sempre viram a psicanálise com maus olhos. Não acreditam, uns e outros, em indivíduos, mas apenas em coletividades; não acreditam em realidades particulares, mas apenas em axiomas ditados pela história. Entendem a diferença e o individualismo como vilanias, como entraves à consecução de um projeto. Por isso, não crêem em culpas individuais e não reconhecem éticas privadas. Entregam a um ente de razão — geralmente, um partido — a responsabilidade de zelar tanto pelo bem comum como pelos atos de cada um".

Em outras palavras... O mesmo texto editado por Freeman:

Algumas das razões pelas quais marxistas e esquerdistas, em geral, e petistas em particular sempre viram a psicanálise com maus olhos:
Por óbvia deficiência mental! Por não acreditarem em realidades particulares, a não ser quanto se trata de “levar o seu”. Por serem ineptos preferem o coletivo, assim podem culpar os outros mais facilmente... Outra atração pelo coletivo é a possibilidade de viverem no ócio, como burocratas, em alguma estatal, onde ninguém controla nada! Não crêem em culpas individuais, a não ser a dos outros, é claro! Geralmente analfabetos e preguiçosos preferem não pensar, contentam-se em seguir cartilhas com textos simples e repetitivos, de preferência os que ensinam como tirar dinheiro das pessoas capazes... Outra prova da preguiça é que, normalmente, não fazem a barba...

10 comentários:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Nemerson Lavoura disse...

Freeman,
Estive aqui seguindo seu convite, e gostei muito dos seus posts. Eu assino embaixo de todos eles. Vou lincá-lo o mais rapidamente possível.
Abraços

Jorge Nobre disse...

Até que antes do Che Guevara lançar a moda eles eram bem barbeadinhos. Lênin e Stalin cultivavam bem seus bigodes.

Verdades Não Contabilizadas disse...

Estive aqui e gostei de seu blog, vou passar a consultá-lo. Já olinkei.Um grande abraço.

Carl Amorim disse...

caro freeman,

retribuindo sua visita, parabenizo-o pelo blog, vai virar consulta obrigatória.

Abraço

carl

Kika Albuquerque disse...

Dá uma passadinha no blog do Sombr4 e veja, nos comments do post onde estão os banners, a idéia que surgiu de um manifesto de blogueiros e internautas. Nemerson, Sombr4 e outros já concordaram. Precisamos ouvir a todos e formar uma grande massa blogueira...rs Entra em contato comigo por email, please.

porumnovobrasil@gmail.com

Kika

Aluizio Amorim disse...

Seu blog está muito bom. Parabéns.
Creio que se trata urgentemente de se resgatar os valores do velho e bom liberalismo. Beber lá na sua fonte, o liberalismo inglês. Sem as revoluções burguesas que destronaram as monarquias européias
fazendo florescer o ideário liberal, por certo estaríamos hoje ainda como no tempo do boi e do arado. As esquerdas - se é que ainda existem - sempre renegaram o liberalismo ao pregarem um postulado inexeqüível, que é tratar de forma igual seres humanos, que são, naturalmente, desiguais. Para mim, a grande virtude do liberalismo foi ter compreendido esse aspecto essencial. Não é à toa que as grandes nações democráticas tiveram suas revoluções burguesas, como a Inglaterra, a França e os EUA.
Portanto, nem à esquerda e nem à direita. Viva a liberdade.
Se quiser dar a satisfação de sua visita ao meu blog, o endereço:
http://oquepensaaluizio.zip.net

Cordial abraço
Aluízio Amorim

Star disse...

Freeman, foi perfeita tua análise da personalidade dos comunistas.

Vagabundos, oportunistas, sem ética e sem moral.

Um abraço e obrigada pela visita, já linkei teu blog.

Anônimo disse...

Hey what a great site keep up the work its excellent.
»