quarta-feira, dezembro 12, 2007

Uma pausa para contemplar o amanhecer...



Amanhecer...

Ah! O amanhecer...
Que escolha mágica,
a renovação de cada dia,
benção sábia do Criador,

É a revelação do novo,
Mesmo sendo de um círculo anterior...

É como lavar a alma e,
Prepará-la para o depois...
É acordar para o dia,
num infinito de opções...

Sinta a grandeza ,
Aproxime-se da natureza,
Do alivio da tormenta,
Numa nova busca interior...

Abrace a vida,
O desafio,
A entrega, de um feitor...

Sinta as cores,
Respire a brisa,
renove o espírito,
do seu próprio esplendor...



texto e foto do Freeman.

2 comentários:

Star disse...

Seu poema é uma prece, vamos ver se essa manhã nossos parlamentares sintam essa brisa renovadora, aproveitem o frescor de terem ganho essa batalha e tomem vergonha na cara. A esperança da redenção sempre se renova.

Star disse...

O horário do pc ta certo, eu estava esperando o fim do mundo apregoado pelo governo se a CPMF fosse derrotada.